ÁREA DO ASSOCIADO

Faça seu login para ter acesso completo a sua conta.

Dúvidas: (92) 3651.7798 | 3308.9313 . contato@simeam.org

Notícias

SIMEAM PEDE APOIO A CMM E ALEAM PARA AÇÕES QUE MELHOREM O ATENDIMENTO À POPULAÇÃO.

Terça-Feira, 24 de março de 2020

O Sindicato dos Médicos do Amazonas – SIMEAM, através do presidente Dr. Mário Vianna, enviou ofícios ao Presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador Joelson Silva; e ao Presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado estadual Josué Neto.

De acordo com os Ofícios n° 064 e 065/2020 – PRESIDÊNCIA, o SIMEAM solicita aos Parlamentos Estadual e Municipal de Manaus, o apoiamento a medidas propostas pelo SIMEAM aos órgãos de saúde, com a recomendação de vários órgãos nacionais como a Associação Médica Brasileira – AMB, que requerem “a suspensão do atendimento ambulatorial, das cirurgias eletivas  e temporariamente as visitas e acompanhantes nas maternidades e demais unidades de saúde do estado e município”.

O Sindicato também afirma que, está solicitando essas medidas “visando o bem estar do paciente e do profissional de saúde, entendendo que a aglomeração de pessoas nesse atendimento com várias enfermidades de níveis diferentes de vulnerabilidade imunológica, tornam esses lugares verdadeiros centros de contaminação, agravando mais a situação, também visam garantir condições de atendimento aos usuários destes serviços que estejam em situação crítica, além de preservar uma capacidade de atendimento que suporte o aumento da demanda por parte dos infectados por coronavírus”.

O SIMEAM reconhece a importância dos parlamentos estadual e municipal na construção de políticas públicas de saúde e parabeniza aos mesmos por suas importantes medidas que tomaram evitando a contaminação nessa pandemia. E entendemos que, com a união do parlamento com os profissionais de saúde, junto com os órgãos públicos e toda a sociedade civil, iremos vencer essa ameaça.

Essas medidas são necessárias e o Sindicato defende que elas sejam implantadas para otimizar o atendimento e resguardar a integridade dos profissionais de saúde do Amazonas, visando o combate direto ao COVID-19 com o máximo de profissionais possíveis.

 

 

 

Deixe seu comentário