ÁREA DO ASSOCIADO

Faça seu login para ter acesso completo a sua conta.

Dúvidas: (92) 3651.7798 | 3308.9313 . contato@simeam.org

Notícias

UNIDADE MUNICIPAL BURLA ATO MÉDICO E OFERECE CAPACITAÇÃO EM DOPLLER VASCULAR

Quinta-Feira, 30 de maio de 2019

Denúncia encaminhada ao Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam) informa que uma unidade de saúde da Prefeitura de Manaus está oferecendo curso de capacitação em dopller vascular (exame de ultrassom) para profissionais não médicos.

O anúncio que circula em grupos de aplicativos de mensagens, divulga que a capacitação vai acontecer nos dias 03 e 04 de junho, no auditório de endemias do Distrito Leste, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com turmas pela manhã e a tarde. A mensagem ainda diz que é obrigatório levar a matrícula do servidor.

A denúncia sugerida pelo presidente licenciado do Simeam, Dr. Mario Vianna, à presidente interina da entidade, Dra. Patrícia Sicchar, será formalizada com o envio de ofício aos órgãos competentes, dentre eles, o Conselho Regional de Medicina do Estado do Amazonas (CREMAM) e o Conselho Federal de Medicina (CFM).

O presidente licenciado do Simeam, Dr. Mario Vianna afirma que a prática burla a qualificação e fere a lei do ato médico. “Um exame que tem que ser feito um alto diagnóstico, por exemplo, uma trombose na perna obstruindo totalmente a circulação sanguínea e vai precisar fazer uma desobstrução ou até uma amputação. Esse diagnóstico é médico, esse tipo de exame (ultrassom, raio x, tomografia, ressonância, pela lei do ato médico, quem faz é o profissional médico”, afirma.

De acordo com a presidente interina do Sindicato dos Médicos do Estado, Dra. Patrícia Sicchar, a assessoria jurídica da entidade já foi acionada para elaborar a denúncia. “Já encaminhamos aos órgãos competentes o Ofício nº 239/2019, para que essa tentativa de burlar a lei do ato médico, seja barrada e das devidas providências sejam tomadas”, reforçou a presidente interina.

A assessoria de comunicação do Simeam ligou várias vezes para o número de telefone divulgado, mas não foi atendida, nem obteve retorno das ligações efetuadas.

 

Deixe seu comentário