ÁREA DO ASSOCIADO

Faça seu login para ter acesso completo a sua conta.

Dúvidas: (92) 3651.7798 | 3308.9313 . contato@simeam.org

Notícias

SIMEAM CONVIDA PRESIDENTE DO TJAM PARA VISITA AOS HOSPITAIS DAS REGIÕES DE FRONTEIRA DO ESTADO

Quinta-Feira, 14 de março de 2019

O presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam), doutor Mario Vianna, reuniu-se com o presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Yedo Simões, para tratar de assuntos relacionados à causa médica no estado. O encontro aconteceu na sala da presidência da Corte Estadual e contou a presença do assessor jurídico do Simeam, doutor Fabrício Calebe.

 

Representante sindical da classe médico do Amazonas, o doutor Mario Vianna entregou ao magistrado convite para a segunda viagem de visita às regiões de fronteira do estado, a ser realizadas entre os dias 20 e 22 de março deste ano. O presidente do Simeam compartilhou a experiência da viagem de 2015, quando uma comitiva visitou os Hospitais de Guarnição do Exército Brasileiro, em São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga, e os Pelotões de Fronteira em Maturacá e Itapiranga, no interior do Amazonas.

 

Acompanhando os problemas que atingem a área da saúde, o presidente do TJAM mostrou-se interessado em participar do evento e até relatou sobre suas viagens ao interior para conhecer de esses entraves. “Não podemos cobrar um atendimento padrão cinco estrelas, sem aplicação de recursos para oferecer um serviço de qualidade” observou o desembargador Yedo Simões, lembrando que há 40 anos atua na magistratura e sempre foi empenhado em fazer cumprir os direitos da população.

 

Durante a reunião o presidente do Simeam abordou, dentre outros assuntos, a Carreira Médica, o papel das empresas médicas e a desassistência médica. “Ficamos gratos por sermos recebidos para expor a demanda da classe médica, que ultimamente, têm sido alvo de ataques, além de ser apontada como a culpada pelas mazelas que o sistema de saúde vêm enfrentando. Encontros com esse nos permite compartilhar a realidade que os profissionais enfrentam diariamente dentro das unidades de saúde”, observou o presidente do Simeam.

 

Deixe seu comentário