ÁREA DO ASSOCIADO

Faça seu login para ter acesso completo a sua conta.

Dúvidas: (92) 3651.7798 | 3308.9313 . contato@simeam.org

Notícias

SERVIDORES DA SAÚDE SÃO TRAÍDOS POR VEREADORES

Sexta-Feira, 21 de dezembro de 2018

Os servidores da saúde estão há 10 anos em busca da revisão do Plano de Cargos, Carreira e Subsídios (PCCS). Por diversas vezes estiveram nos órgãos competentes buscando solucionar essa questão.

Os planos dos servidores da saúde (médicos e demais categorias) foram publicados em Diário Oficial no ano de 2008, era um plano que não atendia todas as necessidades funcionais e trabalhistas dos servidores, mas foi avaliado como uma necessidade a época, por essa razão foi aprovado pelas categorias que precisavam regulamentar suas atividades dentro de um plano que os garantissem alguns benefícios.

Essa realidade não condiz com a atualidade, onde as cargas horárias foram dobradas e funções desviadas e onde muitos direitos e benefícios foram deixados de lado e esquecidos por parte da gestão.

Foram feitas diversas reuniões e revisões técnicas ao londo desses anos para que pudesse ser colocado em prática com os direitos devidos aos servidores. Na última revisão, após ter sido prometido em campanha pelo prefeito Arthur a Mesa Municipal de Negociação conseguiu apoio do Vereador Wilker Barreto para que uma emenda fosse colocada em votação para garantir parte dos recursos financeiros para pagamentos dos direitos garantidos nas Leis.

Para a surpresa das categorias da saúde, em votação os vereadores se sentiram intimidados pelo propositor, que é presidente da casa, alegando promoção pessoal. Durante a seção foi possível registrar buchichos e conversas paralelas ironizando o discurso do vereador enquanto ele relatava a situação dos servidores.

O descaso com a saúde pública municipal foi demonstrado ao final, na votação onde motivos pessoais sobrepuseram os direitos dos servidos envolvidos, por 31 votos a 4 a emenda ao orçamento foi reprovada e mais uma vez os servidores da saúde do município ficarão desassistidos.

Ressaltamos os quatro vereadores Wilker Barreto, Chico Preto, Joana D'arc, William Abreu que serão lembrados pelo reconhecimento e valorização dos Servidores da saúde.

Uma vergonha”, “decepcionante”, “uma traição” foram os gritos ouvidos da galeria onde uma centena de representantes estava reunida buscando apoio dos vereadores que apunhalaram trabalhadores.

Vale a pena registrar o nome daqueles que foram contra a saúde:

1- Wallace Oliveira
2- Gloria Carrate
3- Andre Luiz
4- Isaac Tayah
5- Everton Assis
6- Marcel Alexandre
7- Álvaro Campelo
8- Bessa
9- Cel. Gilvandro
10- Claudio Proença
11- Dallas Filho
12- Diego Afonso
13- Dr. Ewerton
14- Elias Emanuel
15- Fred Mota
16- Gilmar Nascimento
17- Joelson Silva
18- Hiram Nicolau
19- Jaildo Rodoviário
20- João Luiz
21- Marcelo Serafim
22- Mauro Teixeira
23- Prof. Fransuá
24- Profa Terezinha
25- Prof. Samuel
26- Raulzinho
27- Roberto Cidade
28- Roberto Sabino
29- Rosinaldo Bual
30- Sargento Bentes
31- Sassá da Construção

 

Deixe seu comentário