ÁREA DO ASSOCIADO

Faça seu login para ter acesso completo a sua conta.

Dúvidas: (92) 3651.7798 | 3308.9313 . contato@simeam.org

Notícias

REORDENAMENTO - DPE RECONHECE A REALIDADE DAS UNIDADES DO MUNICÍPIO

Segunda-Feira, 09 de abril de 2018

Na segunda-feira (09.04) foi realizada uma reunião entre o Defensor Público Arlindo Gonçalves e os representantes do Sindicato dos médicos do Amazonas para falar sobre questões da reorganização na saúde no município.

 

Em março, os médicos propuseram visitas de fiscalização da DPE nas UBSs, apresentaram um roteiro de fiscalização e pediram intervenção da Defensoria para a não implantação do protocolo por conta da falta de sequência devida dos trâmites legais e pelos equívocos quanto a função dos médicos.

 

A Defensoria em consequência desse pedido fez fiscalizações em algumas unidades e hoje outros aspectos pontuais da reorganização foram ouvidos tendo como base a vivência dos profissionais que já estão atuando dentro do que pede o protocolo da atenção básica, estrutura e situações de falta de amparo técnico e pessoal para o atendimento.

 

Segundo o Defensor Público, as unidades em que ele já esteve visitando as condições realmente estão precárias “As unidades sofrem um sucateamento, a situação está complicada até mesmo para atenção básica, não há possibilidades de receber urgência” afirmou Arlindo.

 

Essa conversa antecede uma reunião que irá ser realizada na quinta-feira as 10h na própria secretaria sugerida pelo Secretário Marcelo Magaldi para apresentar a reorganização a ele e aos demais profissionais de saúde tanto da categoria médica como das demais categorias “A Defensoria já contatou as demais categorias, Coren e o Conselho de Farmácia e aguarda que os profissionais atingidos por essa reorganização possam também se manifestar, que a base saiba que seus conselhos já foram provocados pela Defensoria” afirmou Arlindo.

 

Os demais profissionais que são considerados do âmbito da saúde (odontólogos, agentes comunitários de saúde, agentes de endemias, fisioterapeutas, nutricionistas, preparadores físicos, assistentes sociais, dentre outros) e que desejem contribuir acerca do tema podem contatar a Defensoria Pública Especializada na Promoção e Defesa dos Direitos Relacionados à Saúde, por meio dos telefones 3622-6966 ou 98416-6319, ou diretamente à unidade, que se encontra localizada na Rua 24 de Maio, 321, Centro.

 

 

 

Deixe seu comentário