ÁREA DO ASSOCIADO

Faça seu login para ter acesso completo a sua conta.

Dúvidas: (92) 3651.7798 | 3308.9313 . contato@simeam.org

Notícias

SUSAM REUNE COM EMPRESAS DE ESPECIALIDADES MÉDICAS

Sexta-Feira, 24 de novembro de 2017

Na última quarta-feira (22.11) em reunião no auditório da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) o secretário de saúde Francisco Deodato e da Fazenda, Alfredo Paes se reuniram com os representantes das Empresas Médicas que prestam serviço para o Estado para propor negociação dos débitos em aberto da gestão passada que chegam a média de cinco meses de atraso. 

O Secretário diante de todo o cenário econômico enfrentado pelo Estado propôs que os débitos passados fossem parcelados a partir de janeiro do próximo ano e que ele retomasse os pagamentos em dias a partir do mês de dezembro (referente a novembro).

Os representantes das empresas também levantaram com o secretário outras questões como a burocracia enfrentada para registro de notas, e dívidas adquiridas com Bancos para cobrir a ausência dos pagamentos até então. O secretário da Sefaz se comprometeu em entrar em acordo com as operadoras bancárias para solicitar o desembaraço das empresas justificando o acordo feito com previsão de pagamento por parte do Estado.

Os débitos do Estado com as empresas de saúde prestadoras de serviço dentro dos meios fins (técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos) deixados pela gestão passada era de R$ 311 milhões em outubro, quando o atual governo assumiu com o pagamento em novembro, esse débito caiu para R$ 267 milhões. “A partir desse entendimento aqui, faremos todos os procedimentos legais que possam regularizar e redimensionar os contratos e garantir obviamente a regularidade dos pagamentos desses serviços” garantiu Deodato.

O secretário afirmou ainda que esse ano foi o considerado o pior já enfrentado pela saúde no Amazonas. O presidente do Simeam Dr. Mario Vianna afirmou que esse é o tipo de gestão que se espera com os profissionais da saúde “a muito tempo os profissionais da saúde aguardavam esse tipo de negociação, olho no olho, verdades e realidades na mesa, esperamos que se sair esse acordo possamos começar a ver a realidade da nossa saúde no Estado começando a ver mudanças necessárias que a população e os profissionais necessitam e querem para o Amazonas” disse Vianna.

O presidente do Simeam aproveitou a oportunidade para acertar com o secretário Francisco Deodato uma audiência onde serão tratadas as questões pendentes do Estado com os médicos Estatutários, que possivelmente irá ocorrer na manhã da quarta-feira (29.11)

 

Deixe seu comentário

Notícias anteriores

Quarta-Feira, 06 de dezembro de 2017

ATENÇÃO MÉDICOS DA SAÚDE SUPLEMENTAR (NOVA DATA)

Quarta-Feira, 06 de dezembro de 2017

REORDENAMENTO DA SAÚDE NO MUNICÍPIO