ÁREA DO ASSOCIADO

Faça seu login para ter acesso completo a sua conta.

Dúvidas: (92) 3651.7798 | 3308.9313 . contato@simeam.org

Notícias

SIMEAM REALIZA ENQUETE SOBRE REFORÇO DA VACINA CONTRA A COVID

Sexta-Feira, 13 de agosto de 2021

O SIMEAM (Sindicato dos Médicos do Amazonas) quer saber a opinião da categoria sobre receber uma possível terceira dose de reforço ou um imunizante diferente contra a Covid-19.

Preocupado com o número alarmante de profissionais que mesmo após tomar as duas doses da vacina foram infectados e alguns até vieram a óbito, o SIMEAM está realizando um levantamento dos trabalhadores interessados em receber uma possível dose de reforço da vacina ou um imunizante de outro fabricante.

A enquete ocorre após o recebimento de diversos questionamentos dos médicos sobre a eficácia do imunizante aplicado. No Amazonas, a maioria dos profissionais recebeu a vacina Coronavac, que conforme os estudos de fase 3 realizados pelo Butantan, tem eficácia de 50,38%, a menor entre os imunizantes aplicados até o momento no país.

O alerta, no entanto, surge pelo fato de os médicos estarem mais expostos ao contato com o Coronavírus. No dia 29/07, o diretor do SIMEAM, Dr. Adalberto Bonfim, médico ginecologista e obstetra, faleceu em decorrência da Covid-19, mesmo após receber as duas doses da vacina.

Médicos de todo o estado podem participar da enquete preenchendo o formulário disponível no link:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdehLNLxK2O0U78PBFaX-1l9Yvnj4nHZ55J4-nkLk2tM8cGeg/viewform.

O presidente do SIMEAM, Dr. Mario Vianna destaca a importância da participação de todos. “É importante para que possamos cobrar aos órgãos responsáveis, e obter esse reforço na imunização, assim como já está acontecendo em vários países”, reforçou.

A enquete é um desdobramento da campanha de testagem imunológica que o SIMEAM está realizando desde junho, em parceria com um laboratório, oferecendo aos profissionais de saúde os principais exames para verificação da dosagem de anticorpos pós vacina.

Terceira dose

O presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou no último dia 05/08, que o governo se prepara para iniciar a distribuição da terceira dose de vacina contra a covid-19 a partir de setembro.

O objetivo é proteger a população "mais idosa e mais frágil" com a inoculação de reforço, à semelhança do que já foi anunciado pela Alemanha e Israel. O Reino Unido planeja a campanha de reforço de vacinação para os idosos e os mais vulneráveis a partir de 6 de setembro.

Os Estados Unidos ainda não tomaram uma decisão sobre a administração de doses de reforço, ainda que a Pfizer/BioNTech tenham solicitado aos reguladores norte-americano e europeu que aprovem um reforço da vacinação, argumentando que há maior risco de infecção seis meses depois da vacinação.

Deixe seu comentário