ÁREA DO ASSOCIADO

Faça seu login para ter acesso completo a sua conta.

Dúvidas: (92) 3651.7798 | 3308.9313 . contato@simeam.org

Notícias

O QUE ESPERAR DOS DESDOBRAMENTOS DA OPERAÇÃO APNEIA

Segunda-Feira, 15 de junho de 2020

O Amazonas viveu uma expectativa imensa na quarta-feira, 10/06, diante da operação deflagrada pelo Ministério Público Estadual, junto com a Polícia Civil do Amazonas, batizada de “Operação Apneia”.

Documentos foram recolhidos na casa de empresários, escritórios e na própria sede da Secretaria Estadual de Saúde. Muito material para estudo por parte dos promotores do MP amazonense.

Mas, passada a operação e as tentativas de explicações por parte do governador e da secretária de saúde do estado, temos a pergunta: “Quais serão os desdobramentos dessa operação?”

O Simeam, assim como toda a sociedade amazonense, quer muito saber o que de fato aconteceu. Compra de respiradores que não eram respiradores, feita numa empresa importadora de vinhos. Sem licitação e com um valor fora dos padrões de mercado, no mínimo, muito estranho. Fora outras denúncias que são objeto de investigação por parte dos órgãos de controle estaduais e nacionais.

Esperamos que o MPE vá a fundo naquilo que precisa ser investigado e sabemos que o governo está usando de todos os meios, escusos ou não, para impedir qualquer tipo de apuração desses fatos. Assim como usou o Judiciário e o Legislativo para tentar impedir o processo de impeachment do governador e do vice. Pedido este apresentado pelo Simeam na Aleam.

Também esperamos que a investigação seja isenta, sem nenhum tipo de interferência, nem uso de agentes do estado para impedir a devida apuração dos fatos.

Tem muita coisa que precisa ser trazida a tona pois a sociedade merece saber. Enquanto isso, a população hoje tenta voltar a sua vida normal sob o medo de contrair essa doença perigosa chamada Covid-19. Médicos e demais profissionais de saúde hoje correm riscos de morte por falta de EPIs, com salários atrasados e precarizados, além da entrega da gestão de nossos hospitais para organizações sociais, as chamadas “O.S”.

O povo do Amazonas quer que o MPE e o Judiciário acabem logo com essa situação e que elucide os fatos, denuncie aqueles que cometeram as improbidades e punam exemplarmente os culpados. Afinal, quantos ainda terão que morrer para que a corrupção seja varrida da saúde pública do Amazonas?

 

Deixe seu comentário

Notícias anteriores