ÁREA DO ASSOCIADO

Faça seu login para ter acesso completo a sua conta.

Dúvidas: (92) 3651.7798 | 3308.9313 . contato@simeam.org

Notícias

SIMEAM PEDE PROVIDÊNCIAS AO CRM-AM SOBRE ESTUDO OBSCURO DO USO DA CLOROQUINA

Segunda-Feira, 25 de maio de 2020

O Simeam oficiou ao Conselho Regional de Medicina do Amazonas – CRM/AM pedindo esclarecimentos e providências sobre “estudo técnico-científico” realizado no mês de abril de 2020 aqui em Manaus, no IMTM sobre o uso da cloroquina em pacientes diagnosticados por Covid-19.

Como entidade sindical médica e observando o juramento Hipocrático realizado por todos nós quando formamos, repudiamos o uso de qualquer instrumento de estudo científico sem critérios bem definidos, principalmente em humanos. 

O Simeam referenda que os médicos possuem toda a autorização para receitar a cloroquina e a hidroxicloroquina para pacientes com Covid-19, ressalvadas quaisquer contraindicações e respeitados os índices de dosagem permitidos e evidentemente receita médica.

A cloroquina e a hidroxicloroquina não podem e não devem ser motivo de uma disputa ideológica inócua, que apenas contempla vidas sendo perdidas nas unidades de saúde. Além do que existem resultados que podem ser auditados visando comprovar a eficácia das substâncias no trato do Covid-19, principalmente em fases iniciais da doença.

O tempo é um fator que não pode ser desperdiçado nessa pandemia assim como recursos humanos, financeiros e de pesquisa. É inaceitável o uso de dinheiro público para financiamento de pesquisas que estão buscando, segundo cientistas renomados induzir ao erro a comunidade médica e científica brasileira e internacional. Nada contra a visão política de quem quer que seja, mas a saúde tem que estar em primeiro lugar e salvar vidas é a missão de cada profissional da Medicina.

Por isso, o Simeam pediu explicações ao CRM/AM buscando a plena verdade, pedindo punições em caso de transgressão ao Código de Ética Médica e prezando pelo pleno exercício da Medicina sem nenhum viés político e que nenhum paciente com Covid-19 possa ser privado de remédios que podem ajudar ao processo de cura desta terrível doença.

 

Deixe seu comentário

Notícias anteriores